Plano Estadual de Resíduos Sólidos (PERS-TO)

Atualmente, é possível encontrar diversas alternativas ambientalmente corretas para o gerenciamento dos resíduos sólidos, visando atender a um dos objetivos fundamentais da Lei Federal nº 12.305/2010 (BRASIL, 2010), relacionado à ordem de prioridade para a gestão dos resíduos, que deixa de ser voluntária e passa a ser obrigatória: não geração, redução, reutilização, reciclagem, tratamento dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos. O estado do Tocantins, através da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), firmou com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) uma parceria para a ―Elaboração do Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Tocantins.