Geral 04/11/2019 - 11:29 - Robson Corrêa/Governo do Tocantins

Tocantins troca experiências sobre prevenção combate a incêndios em evento internacional

Representantes da Semarh, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Prevfogo participam de oficina na 7° Conferência Internacional sobre Incêndios Florestais/ Wildfire Brasil 2019 Representantes da Semarh, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Prevfogo participam de oficina na 7° Conferência Internacional sobre Incêndios Florestais/ Wildfire Brasil 2019 - Robson Corrêa/Governo do Tocantins
Servidores do Naturatins representam o Estado no Wildfire Brasil 2019 Servidores do Naturatins representam o Estado no Wildfire Brasil 2019 - Robson Corrêa/Governo do Tocantins

Buscando a troca de experiências sobre a prevenção e o combate a incêndios florestais, técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Defesa Civil e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) participaram na quinta-feira, 31, de oficinas realizadas na 7° Conferência Internacional sobre Incêndios Florestais realizada em Campo Grande/MS. A participação do estado no Wildfire Brasil 2019 veio ao encontro do trabalho desenvolvido no Parque Estadual do Jalapão em relação ao Manejo Integrado do Fogo (MIF) e as apresentações feitas durante a conferência evidenciam o alinhamento do Tocantins com outras regiões do país e do mundo.

Segundo a supervisora do parque, Jailma Soares, “o estado precisa avançar em algumas questões para termos mais efetividade no programa de proteção da Unidade [de Conservação]”. Ainda segundo a supervisora, “a conferência proporcionou um intercâmbio e a troca de saberes com gestores de diversas Unidades de Conservação brasileiras e de outros países, uma oportunidade ímpar, principalmente por ter sido a primeira a se realizar na América Latina”.

A conferência reuniu mais de 1.500 pessoas representando 41 países que puderam trocar experiências sobre os trabalhos desenvolvidos e os resultados obtidos. O Tocantins enviou uma delegação de 46 pessoas para representar o estado. Dois desses participantes, além de estarem na conferência como ouvintes, tiveram a oportunidade de apresentar os trabalhos desenvolvidos no estado.

O diretor de biodiversidades de áreas protegidas do Naturatins, Warlei Rodrigues, apresentou uma oficina falando sobre o Mosaico do Jalapão e as possibilidades de aplicação nas áreas privadas como a Área de Preservação Ambiental (APA) do Jalapão. Ele ressaltou a importância da representatividade do Estado em um evento internacional. “Fizemos um esforço de trazer para a conferência a maioria dos gestores das unidades de conservação do estado, para poder proporcionar a eles uma realidade diferente da nossa”.
O diretor destacou ainda que “essa troca de experiências com pessoas de outros países é enriquecedora e daqui podemos extrair formatos de trabalho para adaptarmos no Tocantins. Esperamos no futuro poder fazer um planejamento olhando para a paisagem das Unidades de Conservação como um todo, integrando Parques e APA's no planejamento de fogo”.

O Gerente estadual do Prevfogo Tocantins, Pedro Paulo Xerente, participou da palestra "Comunidades indígenas e tradicionais e o conhecimento sobre manejo integrado do fogo" e falou sobre os saberes específicos que o seu povo tem há décadas na prevenção ambiental. “Queremos externar a nossa responsabilidade com o meio ambiente e aprender novas informações sobre como trabalhar com o fogo”, ressaltou. Pedro Paulo disse ainda que “vivemos em um mundo onde a cada dia aparece uma nova tecnologia e não podemos estagnar no tempo deixando de absorver informações que podem ajudar a melhorar o desempenho nessa área de preservação ambiental”.

Tocantins

O Tocantins enviou uma delegação com servidores da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Defesa Civil e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) para representar o estado no encontro. Ao todo 46 técnicos ligados à temáticas ambientais estão conhecendo e aprimorando os métodos de combate e prevenção a incêndios que foram aplicados em outros estados e países.