Geral 09/04/2019 - 08:46 - Camila Mitye / Governo do Tocantins

Agrotins 2019 é lançada com o tema Agronegócio de Atitude Sustentável

Governador Mauro Carlesse destacou que a Agrotins é grande vitrine para produtores do Tocantins Governador Mauro Carlesse destacou que a Agrotins é grande vitrine para produtores do Tocantins - Fernando Alves / Governo do Tocantins
Secretário Leonardo Cintra ao lado do Governador Mauro Carlesse, durante o lançamento da Agrotins Secretário Leonardo Cintra ao lado do Governador Mauro Carlesse, durante o lançamento da Agrotins - Fernando Alves / Governo do Tocantins
A programação foi apresentada aos presentes, que incluíram representantes do agronegócio, autoridades e membros da sociedade civil A programação foi apresentada aos presentes, que incluíram representantes do agronegócio, autoridades e membros da sociedade civil - Fernando Alves / Governo do Tocantins

Com o tema Agronegócio de Atitude Sustentável, o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, lançou na tarde desta segunda-feira, 8, a 19ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), que será realizada no período de 7 a 11 de maio, no Parque Agrotecnológico de Palmas. A programação desta, que já é considerada a maior feira do gênero da região norte e a 5ª maior do País, foi apresentada aos presentes, que incluíram representantes do agronegócio, autoridades e membros da sociedade civil. O secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Leonardo Cintra, acompanhou a abertura, que aconteceu no Palácio Araguaia.

O Governador Mauro Carlesse destacou o potencial do Estado e os investimentos que estão sendo realizados para melhorar a infraestrutura e atrair novos empreendimentos. Lembrou ainda que a Agrotins é uma grande vitrine para os produtores do Tocantins, que reúne representantes de todos os segmentos. “Esse evento é uma grande oportunidade para os nossos produtores conhecerem o que há de melhor no setor e também trocarem experiências para melhorar a produtividade. Aqui se juntam os grandes, médios e pequenos produtores em busca da divulgação e transferência ao setor produtivo dos conhecimentos tecnológicos gerados pela pesquisa agropecuária e industrial, além da comercialização de produtos visando o desenvolvimento sustentável”, pontuou.

Já o secretário Leonardo Cintra observou a importância do evento para o desenvolvimento do Tocantins, especialmente o tema, que exalta uma atitude sustentável no agronegócio. "A ligação do homem do campo com o meio ambiente é muito forte, pois ele sabe que se não preservar não terá de onde tirar seu sustento. Por isso há tanta preocupação em unir o desenvolvimento econômico, por meio da agricultura, com a preservação dos nossos recursos", disse Cintra. O secretário ressaltou ainda que atualmente a Semarh executa duas importantes ações que transitam nessa esfera, o Cadastro Ambiental Rural (CAR), um raio-X das propriedades rurais, identificando áreas de proteção, nascentes e passivos ambientais, e o Projeto Campo Sustentável, que tem como objetivo a redução do desmatamento aliado ao desenvolvimento das cadeias produtivas sustentáveis, no caso através da integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF). Além disso, o Campo Sustentável está dentro dos eixos trabalhados para a efetivação, no Tocantins, do Programa Jurisdicional de Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação [REDD+], que visa assegurar e subsidiar programas de economia de baixo carbono, que diminuem as pressões de desmatamento e degradação e beneficiam as comunidades locais, considerando sempre as salvaguardas socioambientais.

O estande da Semarh na Agrotins 2019 vai expor exemplos de projetos sustentáveis que inclusive podem ser levados para o campo - como o curral sustentável, feito a partir da reutilização de pneus. A secretaria também levará o cadastro gratuito ao CAR para o evento, além de disponizar técnicos para sanar dúvidas dos visitantes da feira.

Tecnologias

Em mais de uma década e meia, a Agrotins vem se firmando como referência na divulgação, transferência de conhecimento e tecnologia para o crescimento do segmento agropecuário regional, atraindo expositores e investidores de várias partes do Brasil que têm, entre as fontes econômicas, o agronegócio. No evento são apresentadas vitrines tecnológicas com indicação de novas cultivares, adaptadas à realidade do clima e solo da região, e economicamente viáveis, além de palestras e cursos voltados para a área rural, exposição e julgamento de raças de animais, torneio e a modernidade de máquinas e implementos agrícolas e veículos. (Com informações da Secom)