Geral 29/04/2021 - 13:50 - *Luíza Caetano/Governo do Tocantins

Fórum Estadual de Mudanças Climáticas debate participação da iniciativa privada em estratégia de baixas emissões

Encontro virtual contou com a participação de representantes dos estados do Pará e do Mato Grosso Encontro virtual contou com a participação de representantes dos estados do Pará e do Mato Grosso - Reprodução/Google Meet/Semarh
Miyuki Hyashida participou do encontro e agradeceu a contribuição de todos Miyuki Hyashida participou do encontro e agradeceu a contribuição de todos - Mariah Soares/Governo do Tocantins

Os integrantes do Fórum Estadual de Mudanças Climáticas (FEMC) se reuniram virtualmente nesta quinta-feira, 29, em Reunião Extraordinária, para apreciar a manifestação de interesse da iniciativa privada em participar da estratégia de baixas emissões Tocantins Competitivo e Sustentável. No último dia 16, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) já havia realizado um encontro com o grupo Energisa Tocantins para apresentar e propor a liderança da estratégia na pactuação com o setor privado, o que foi muito bem aceito.

A diretora de Instrumentos de Gestão Ambiental da Semarh, Marli Santos, fez uma breve apresentação da estratégia e mostrou os pontos que a mesma tem a intenção de cumprir. Além disso, o diretor presidente do grupo Energisa Tocantins, Alessandro Brum, explicou como a instituição já lida com o meio ambiente e como poderá contribuir com a execução dos trabalhos da estratégia.

A reunião do Fórum contou também com a participação de representantes dos estados do Pará e do Mato Grosso, que apresentaram as estratégias Amazônia Agora e PCI/MT, respectivamente, projetos de desenvolvimento de baixas emissões em execução que já possuem bons resultados.

Finalizando a reunião, a secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Miyuki Hyashida, que preside o FEMC, agradeceu a contribuição dos colegas do Pará e do Mato Grosso, além do interesse que todos demonstraram para obter os melhores resultados neste projeto, como o grupo Energisa. “A partir do que vimos sabemos das dificuldades e principalmente a importância dessa estratégia, já que em tão pouco tempo de prática nos outros estados os resultados foram significativos. A intenção do Governo do Tocantins é tornar o projeto Tocantins Competitivo e Sustentável uma realidade referência na região Norte”, destacou.

Tocantins Competitivo e Sustentável

O objetivo da estratégia Tocantins Competitivo e Sustentável é promover o desenvolvimento socioeconômico e competitivo do Estado do Tocantins, com uso racional de recursos naturais, respeito às próximas gerações e melhoria da qualidade de vida de sua população. A estratégia irá colocar o Estado como referência na região Norte do Brasil em produção sustentável de alimentos e produtos da sociobiodiversidade, além de delinear o desenvolvimento de baixas emissões no Tocantins baseado em 4 eixos: econômico, social, ambiental e infraestrutura, até o ano de 2040.

*Estagiária sob supervisão de Camila Mitye